Câncer de Garganta


Câncer de cabeça e pescoço é o nome que se dá ao conjunto de tumores que se manifestam na boca, na faringe e na laringe, entre outras localizações da cabeça e do pescoço.

CÂNCER DE BOCA

É o câncer de boca afeta os lábios e o interior da cavidade oral.

Prevenção

Abstenção de fumo e bebidas alcoólicas, dieta rica em alimentos saudáveis, boa higiene oral, e outras atitudes como estas, diminuem as chances de desenvolver a maioria das doenças malignas, inclusive os tumores na boca.

Fatores de risco

  • Tabagismo.
  • Consumo regular de bebidas alcoólicas.
  • Exposição ao sol sem proteção representa risco importante para o câncer de lábios.
  • Excesso de gordura corporal aumenta o risco de câncer de boca.
  • Infecção pelo vírus HPV está relacionado a alguns casos de câncer de orofaringe.

Sintomas

  • Lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias;
  • Manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, palato (céu da boca), mucosa jugal (bochecha);
  • Nódulos (caroços) no pescoço;
  • Rouquidão persistente;
Nos casos mais avançados observa-se:
  • Dificuldade de mastigação e de engolir.
  • Dificuldade na fala.
  • Sensação de que há algo preso na garganta.

Tratamento

Na grande maioria das vezes é cirúrgico, tanto para lesões menores, com cirurgias mais simples, como para tumores maiores. O cirurgião de Cabeça e Pescoço é o profissional que vai avaliar o estágio da doença. Essa avaliação, associada a exames complementares determinará o tratamento mais indicado. A radioterapia e a quimioterapia são indicadas quando a cirurgia não é possível ou quando o tratamento cirúrgico traria sequelas funcionais importantes e complicadas para a reabilitação funcional e a qualidade de vida do paciente.

CÂNCER DE GARGANTA

O câncer de garganta se refere a qualquer tipo de tumor que se desenvolva na laringe, faringe, amígdalas ou qualquer outra parte da garganta.

Câncer da laringe: afeta a laringe, que é o local onde se encontram as cordas vocais. Saiba mais sobre este tipo específico de câncer;

Câncer da faringe: surge na faringe que é um tubo por onde o ar passa desde o nariz até aos pulmões.

Sintomas

  • Dor de garganta ou de ouvido que não desaparece;
  • Tosse frequente, que pode ser acompanhada de sangue;
  • Dificuldade para engolir ou respirar;
  • Alterações na voz, sem causa aparente;
  • Perda de peso sem razão aparente.

Estes sintomas variam de acordo com o local afetado pelo tumor. Assim, caso o câncer se esteja desenvolvendo na laringe, é possível que surjam alterações na voz, já se for apenas notória dificuldade para respirar, é mais provável que seja câncer na faringe.

Tratamento

O tratamento para o câncer de garganta varia de acordo com o grau de desenvolvimento da doença, no entanto, geralmente é iniciado com cirurgia para retirar o máximo de células cancerígenas. Assim, nos primeiros estágios da doença é possível que seja possível tratar completamente o câncer apenas com a cirurgia.

Dependendo do tamanho do tumor, o médico pode retirar apenas uma pequena parte do órgão afetado ou precisar removê-lo completamente. Dessa forma, pessoas com câncer na laringe, por exemplo, podem ficar com sequelas após a cirurgia, como alteração da voz, por perda de uma grande parte do órgão onde se encontram as cordas vocais.

Já nos casos mais avançados, normalmente é preciso combinar outras formas de tratamento após a cirurgia, como a quimio ou a radioterapia, para eliminar as células que ainda ficaram no corpo, especialmente em outros tecidos ou nos gânglios linfáticos, por exemplo.

Fatores de risco

  • Uma das principais causas de desenvolvimento de câncer na garganta é a infecção por HPV, que pode ser transmitido através do sexo oral desprotegido.
  • Ser fumante;
  • Consumir bebidas alcoólicas em excesso;
  • Fazer uma alimentação pouco saudável;
  • Estar exposto a amianto;
  • Ter uma higiene dentária fraca.

Tipos de Tumores

can_ico4can_ico4h
can_ico1can_ico1h
can_ico3can_ico3h
can_ico2hcan_ico2h
Free WordPress Themes, Free Android Games